Os Meios de Comunicação e a Figura da Mulher: uma reflexão sobre a personagem Clara da telenovela Em Família

Maria Aparecida Baccega, Camilla Rodrigues Netto da Costa Rocha

Resumen


O presente artigo tem por objetivo refletir acerca da construção da figura da mulher operada pelos meios de comunicação, através de um dos seus produtos culturais, a telenovela brasileira. Para tanto, propõe uma investigação que aborda a visibilidade da mulher na mídia, trazendo como arcabouço teórico Baccega (1994; 1999), Escosteguy (2011) e Hall (2013), no que tange aos discursos midiáticos; Lippmann (1966), Bourdieu (2002), Scott (1995), Butler (2015) e Louro (2000) para refletir sobre a figura da mulher. Levando em conta o contexto hegemônico, o presente artigo propõe discutir a ideologia bem como a indústria cultural a fim de analisar, como objeto empírico, a personagem Clara, protagonizada pela atriz Giovanna Antonelli, na telenovela brasileira Em Família, da TV Globo.


Palabras clave


Comunicação, mídia, telenovela brasileira, indústria cultural, hegemonia,ideologia, mulher

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


DOI: http://dx.doi.org/10.18002/cg.v0i11.3596

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.




Copyright (c) 2016 Maria Aparecida Baccega, Camilla Rodrigues Netto da Costa Rocha

Licencia de Creative Commons
Este obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial-CompartirIgual 4.0 Internacional.

Contacto:

Departamento de Psicología, Sociología y Filosofía. Facultad de Educación. 24071 - León - España. Teléfono: 987291860 / 625570546. Email: aiblag@unileon.es cuestionesdegenero@unileon.es

 

e-I.S.S.N. 2444-0221 - Depósito Legal: LE-1039-2005.

Diseño de portada: INDOS (Images copyright ©INDOS, S. L. and its licensors. All rights reserved).

Diseño del logotipo del Seminario Interdisciplinar de Estudios de las Mujeres de la ULE: Teresa Serrano León.